Geral

Fred marca no fim, e Flu empata com o Atlético-PR em partida polêmica

Jogadas ríspidas, cartões vermelhos, pênaltis, polêmica e tensão. O duelo entre Atlético-PR e Fluminense, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba, não primou pela técnica, mas teve emoção até o último minuto. No fim, o 1 a 1 acabou sendo melhor para o Tricolor carioca, que conseguiu a igualdade aos 47 do segundo tempo, […]

Arquivo Publicado em 24/09/2011, às 22h55

None

Jogadas ríspidas, cartões vermelhos, pênaltis, polêmica e tensão. O duelo entre Atlético-PR e Fluminense, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba, não primou pela técnica, mas teve emoção até o último minuto. No fim, o 1 a 1 acabou sendo melhor para o Tricolor carioca, que conseguiu a igualdade aos 47 do segundo tempo, com Fred, e se segurou no G-5. Paulo Baier abriu o placar para o Furacão, que se aproxima cada vez mais da Segunda Divisão.


Ao término da partida, a revolta da torcida atleticana com a arbitragem fez com que o mato-grossense Wagner Reway deixasse o gramado com forte aparado policial. A atitude intempestiva muito se deve a posição do Atlético-PR na tabela: com 24 pontos e apenas cinco vitórias em 26 jogos, a equipe é apenas o 18º. No próximo domingo, o compromisso acontece novamente na Arena da Baixada, às 16h (de Brasília), contra o Internacional.


O Fluminense, por sua vez, tem o que comemorar. O gol marcado no fim recolocou o time na zona de classificação à Libertadores, uma vez que tinha perdido a posição temporariamente por conta da vitória do Flamengo sobre o América-MG, no Rio de Janeiro. Com o empate, a equipe de Abel Braga subiu para 41 pontos e leva vantagem sobre o rival no número de vitórias: 13 a 10. Sábado que vem o duelo é contra o Santos, de Muricy Ramalho, às 18h, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Jornal Midiamax