Rogério Ceni teve atuação destacada na vitória do São Paulo por 3 a 0 sobre o Bahia, nesta quinta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, no estádio do Morumbi. Além de fazer boas defesas, o goleiro abriu o caminho do triunfo da equipe paulista em uma cobrança de pênalti. O gol foi o 100º marcado pelo goleiro de acordo com as contas da Fifa, mas a entidade praticamente ignorou a marca.

Na versão em inglês de seu site oficial, a Fifa relata o gol de Rogério Ceni, mas não faz qualquer referência ao centésimo. Na página em português, há maior destaque sobre a partida, mas sem muito alarde em torno da marca estabelecida pelo jogador, maior goleiro-artilheiro da história.

“O São Paulo contou com erros claros da zaga baiana para chegar à importante vitória no Morumbi. O primeiro deles aconteceu aos 28 minutos, quando Rogério Ceni cobrou falta sofrida por Juan: na barreira, o zagueiro Titi desviou a bola com o braço direito. Pênalti para o São Paulo, que o goleiro cobrou com perfeição para chegar ao 100º gol em partidas oficiais – o 102º nas contas do clube, que inclui amistosos”, relata o site oficial da Fifa.

Pela contagem do São Paulo, o 100º gol de Rogério Ceni foi marcado em uma partida especial. No clássico contra o Corinthians, em março deste ano, pelo Campeonato Paulista, o camisa um marcou em uma cobrança de falta e ajudou a equipe tricolor a vencer o rival por 2 a 1. De quebra, os são-paulinos acabaram com um jejum de quatro anos sem vencer a equipe do Parque São Jorge.

Na época, a versão em português do site da Fifa enalteceu o gol marcado por Rogério Ceni. No entanto, a entidade fez questão de destacar que o goleiro somava dois gols em partidas amistosas – que não são consideradas nas contas da Fifa.