Geral

Ferrari pega fogo, e Felipe Massa deixa teste depois de 12 voltas

Um dia depois de ver Fernando Alonso liderar o segundo dia de testes coletivos da Fórmula 1 em Valência, o brasileiro Felipe Massa não teve, nesta quinta-feira, o início que gostaria em sua primeira sessão de treinos com a F150, o novo carro da Ferrari, no circuito Ricardo Tormo. O modelo pegou fogo depois de […]

Arquivo Publicado em 03/02/2011, às 12h28

None
1897924300.jpg

Um dia depois de ver Fernando Alonso liderar o segundo dia de testes coletivos da Fórmula 1 em Valência, o brasileiro Felipe Massa não teve, nesta quinta-feira, o início que gostaria em sua primeira sessão de treinos com a F150, o novo carro da Ferrari, no circuito Ricardo Tormo. O modelo pegou fogo depois de o piloto dar apenas 12 voltas na pista.


Massa acabou prejudicado pela quebra de uma das braçadeiras do carro, que causou vazamento de óleo e provocou o incêndio na parte traseira do mesmo ao atingir os escapamentos, obrigando o brasileiro a abandonar o teste.


A Ferrari admitiu que o fogo provocou danos no F150 e que seria “improvável” a volta do piloto ao teste “muito antes das 15 horas locais”, já que não haverá tempo hábil para reparar o carro e colocá-lo em boas condições na pista espanhola.


Valência recebe nesta quinta-feira o terceiro e último dia de testes da Fórmula 1 em sua pista. Na próxima semana, as equipes da Fórmula 1 farão novos testes no circuito de Jerez de la Frontera, também na Espanha. A temporada 2011 da categoria será aberta no dia 13 de março com a realização do GP do Bahrein.

Jornal Midiamax