A Polícia Militar Ambiental (PMA) autuou em mais de R$ 31 mil o proprietário de uma fazenda localizada em Miranda (203 km de Campo Grande), por derrubar aproximadamente 104 árvores em uma área de pastagem, que seria utilizada no cultivo de soja, as margens da BR-262 próximo ao quartel da cidade.

As árvores derrubadas sem licença ambiental são da espécie angico, ipê, farinha seca e canafístula.

Diante da infração, o proprietário que residente em Campo Grande foi autuado administrativamente e multado em R$ 31.200 mil. Ele responderá por crime ambiental e pode pegar pena de seis meses a um ano de detenção.