Geral

Família de Filipe consegue visto americano e embarca para tratamento médico

A família do menino Filipe Wolff, de 3 anos, conseguiu o visto para embarcar para os Estados Unidos e submeter a criança a um tratamento médico naquele país. Ontem (15) eles embarcaram para Brasília (DF) para fazer a entrevista na Embaixada Americana nesta quarta-feira (16). Segundo a avó de Filipe, Eni Coppo, 52 anos, funcionária […]

Arquivo Publicado em 16/11/2011, às 13h53

None
2061481365.jpg

A família do menino Filipe Wolff, de 3 anos, conseguiu o visto para embarcar para os Estados Unidos e submeter a criança a um tratamento médico naquele país. Ontem (15) eles embarcaram para Brasília (DF) para fazer a entrevista na Embaixada Americana nesta quarta-feira (16).


Segundo a avó de Filipe, Eni Coppo, 52 anos, funcionária pública, a família fez a entrevista nesta quarta-feira e deu tudo certo. “Eles já estão com o visto. Embarcam nesta noite para Guarulhos (SP) e de lá vão para os EUA”, conta eufórica.


A alegria na voz de Dona Eni tem nome: esperança. O tratamento que tem sido realizado nos EUA contra a doença rara de Filipe – histiocitiose de células Langer Hans, que afeta vários órgãos – tem obtido resultados positivos e a cura, em muitos casos.


A avó ainda conta que gostaria de estar ao lado da filha Evelyn, do genro Guilherme, e dos netos Henrique, 5 anos, e Filipe que embarcam na madrugada desta quinta-feira (17).


Solidariedade


Por causa da doença de Filipe, Guilherme Wolff, professor, precisou pedir licença do trabalho para poder se dedicar integralmente à cura do filho. A família tem vivido da ajuda dos amigos, familiares e todos que se sensibilizaram com a causa e fizeram doações pelo site www.ajudefilipe.com.br.


Segundo Evelyn, a família deve ficar dois meses nos Estados Unidos para o tratamento. Durante este período eles vão viver da ajuda arrecadada e por isso enfatiza para quem puder continuar contribuindo para Filipe manter seu sorriso no rosto.

Jornal Midiamax