Geral

Europa entende que tem que agir em crise, diz vice dos EUA

Não houve um progresso claro no combate à crise da zona do euro nas últimas duas semanas, mas os líderes europeus entendem o alto custo de não agir, afirmou no domingo o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ao chegar em Atenas, em uma demonstração de apoio à Grécia. “Acho que o quanto mais claro […]

Arquivo Publicado em 04/12/2011, às 20h13

None

Não houve um progresso claro no combate à crise da zona do euro nas últimas duas semanas, mas os líderes europeus entendem o alto custo de não agir, afirmou no domingo o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ao chegar em Atenas, em uma demonstração de apoio à Grécia.


“Acho que o quanto mais claro se torna de que não há alternativa e o tempo está se esgotando, não apenas na Europa mas nos Estados Unidos e no mundo… é quando você tem mais chances de algumas decisões muito difíceis a serem tomadas”, disse Biden a repórteres que viajavam com ele de Istambul para Atenas.


“Mas, além disso, eu não tenho dados empíricos que indiquem que devemos, ou não devemos estar mais encorajados hoje do que há duas semanas”, disse.


A zona do euro enfrenta uma semana crítica com a reunião de líderes europeus para uma cúpula, com a presença do secretário do Tesouro dos Estados Unidos, em uma demonstração da preocupação de Washington com a crise que pode prejudicar a frágil recuperação dos EUA.

Jornal Midiamax