Geral

EUA criticam condenação de europeus à colonização judaica

Os Estados Unidos afirmaram nesta quarta-feira que a condenação de quatro países europeus membros do Conselho de Segurança da ONU a Israel por construir moradias em territórios ocupados em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia não serve para melhorar a situação. “Gritar no Conselho de Segurança não mudará a situação”, disse a porta-voz do Departamento de […]

Arquivo Publicado em 21/12/2011, às 23h10

None

Os Estados Unidos afirmaram nesta quarta-feira que a condenação de quatro países europeus membros do Conselho de Segurança da ONU a Israel por construir moradias em territórios ocupados em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia não serve para melhorar a situação.


“Gritar no Conselho de Segurança não mudará a situação”, disse a porta-voz do Departamento de Estado, Victoria Nuland, à imprensa. “As partes devem retomar as negociações e resolver seus problemas juntos”, completou.


Grã-Bretanha, França, Alemanha e Portugal disseram na terça-feira – em uma declaração comum publicada depois de uma reunião do Conselho de Segurança dedicada ao Oriente Médio – estarem “consternados por estes acontecimentos totalmente negativos”, citando os ataques dos colonos extremistas e a retomada da colonização israelense.

Jornal Midiamax