Geral

Estudante agredida durante formatura em Dourados pode ter sido dopada, diz delegada

A estudante de 20 anos que foi espancada durante uma festa de formatura no último domingo (27) em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, pode ter sido dopada. A informação foi passada nesta quarta-feira pela delegada Francieli Candoti Santana ao site Dourados Agora. A delegada disse que já ouviu dez pessoas e outras deverão ser […]

Arquivo Publicado em 30/11/2011, às 23h47

None

A estudante de 20 anos que foi espancada durante uma festa de formatura no último domingo (27) em Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande, pode ter sido dopada. A informação foi passada nesta quarta-feira pela delegada Francieli Candoti Santana ao site Dourados Agora.


A delegada disse que já ouviu dez pessoas e outras deverão ser chamadas para dar depoimento. Segundo ela, a vítima disse que conheceu o agressor durante a festa e durante a noite inteira o rapaz fez investidas na tentativa de ‘ficar’ com ela.


Ela foi encontrada por volta das 5h30 ensanguentada, no banheiro do salão de festas da universidade. Ela sofreu traumatismo facial grave, perdeu quatro dentes e pode ficar com sequelas.


A polícia não tem dúvida sobre o agressor. Ele tem 20 anos, mora em Ivinhema e é estudante de Publicidade e Marketing.


A delegada não descarta a possibilidade de doping. Segundo ela, a vítima afirmou que até às 5h da manhã de domingo não havia ingerido bebida alcoólica e, neste momento, o acusado ofereceu a ela um copo de uísque.


Em seguida, conforme relatos da jovem, ela só se lembra de acordar no hospital.


Se constatado que o estudante de publicidade é realmente o agressor, ele responderá por lesão corporal grave (1 a 5 anos de prisão) e lesão corporal gravíssima (1 a 8 anos de prisão).


Com informações do Dourados Agora

Jornal Midiamax