Geral

Estados e municípios devem notificar mortes por dengue em 24 horas

Estados e municípios devem, a partir desta quarta-feira (26), notificar os casos graves e as mortes suspeitas por dengue em até 24 horas ao Ministério da Saúde. É o que estabelece uma portaria que oficializa decisão anunciada pelo ministro Alexandre Padilha. Os casos de dengue seguem o fluxo rotineiro de notificação semanal. Porém, os casos graves, […]

Arquivo Publicado em 26/01/2011, às 17h42

None

Estados e municípios devem, a partir desta quarta-feira (26), notificar os casos graves e as mortes suspeitas por dengue em até 24 horas ao Ministério da Saúde. É o que estabelece uma portaria que oficializa decisão anunciada pelo ministro Alexandre Padilha.

Os casos de dengue seguem o fluxo rotineiro de notificação semanal. Porém, os casos graves, os óbitos e os casos produzidos pelo tipo 4 da doença necessitam um melhor acompanhamento, o que justifica a sua inclusão entre as doenças de notificação imediata.


Com a portaria, será possível identificar, de maneira precoce, alterações na letalidade da dengue, permitindo uma melhor investigação epidemiológica e a adoção de mudanças na rede assistencial para evitar novas mortes.

Todas as unidades de saúde da rede pública ou privada devem informar casos graves e mortes suspeitas pro dengue às Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, que repassam os dados ao Ministério da Saúde. A regra vale, inclusive, para casos ocorridos em fins de semana e feriados.

Jornal Midiamax