Geral

Espaço da Poesia celebra Cultura da Paz com apresentações gratuitas nesta sexta na Capital

Com entrada franca , a Fucms (Fundação de Cultura do governo do Estado) realiza nesta sexta-feira (30), no terraço do Memorial da Cultura e Cidadania um Espaço da Poesia especial, dedicado ao Dia da Cultura de Paz. A abertura do acontece às 19 horas com o Coral da Fundação de Cultura. Em seguida, terá o […]

Arquivo Publicado em 28/09/2011, às 16h30

None

Com entrada franca , a Fucms (Fundação de Cultura do governo do Estado) realiza nesta sexta-feira (30), no terraço do Memorial da Cultura e Cidadania um Espaço da Poesia especial, dedicado ao Dia da Cultura de Paz. A abertura do acontece às 19 horas com o Coral da Fundação de Cultura.


Em seguida, terá o lançamento do livro “Lixo certo no lugar certo”, de Mara Calvis, que já atuou como coordenadora da Seman (Secretaria do Meio Ambiente e Controle Urbano de Fortaleza) e é conselheira do meio ambiente e Heitor Simões, autor de vários livros didáticos e chefe de educação ambiental também da Seman.


O Espaço da Poesia contará também com uma apresentação do projeto PARA (Plano de Ação para Redução de Acidentes) com o comandante Major PM Alírio Villasanti Romero. O objetivo é promover uma cultura de paz no transito tornando-o mais seguro e humano, contribuindo, dessa forma, na prevenção e redução de acidentes.


Além disso, a conselheira estadual de Cultura e embaixadora Universal da Paz, Delasnieve Daspet, apresenta a palestra “O que nos faz humanos?”, dentro do contexto do Dia Estadual da Cultura de Paz. Logo após, Nena Sarti, Elias Borges e Rejane Jardim realizam uma apresentação de poesias com a Boneca da Paz e o coral infantil Amor Perfeito.


O Quarteto Tocata, composto pelos violonistas Pieter Rahmeier, Marcos Araújo e Jardel Vinicius Tartari se apresentam também. Criado em 2009, o grupo tem se apresentado com frequência em eventos de Campo Grande, além de ter sido a atração principal em espetáculo promovido pela Prefeitura de Ivinhema.


O grupo de Dança Camalote, apoiado pela UFMS e que representa as danças folclóricas de Mato Grosso do Sul também terá espaço no evento. Criado em 2003, é formado por profissionais da educação, alunos de graduação e jovens secundaristas. O trabalho desenvolvido tem suporte nas pesquisas feitas pela Profª Marlei Sigrist durante longos anos e que foram publicadas em seu livro “Chão Batido”.


As Meninas Cantoras de Porto Murtinho fecham a apresentação do Espaço da Poesia desta sexta. Surgido em 2005, a princípio tinha o objetivo de entreter meninas do município que após o horário de aula ficavam nas ruas.

Jornal Midiamax