Geral

Em um dia, judô de MS conquista cinco medalhas e já supera campanhas anteriores nas Olimpíadas Escolares

O horário da entrega de medalhas não vem ajudando os atletas nas Olimpíadas Escolares, etapa 15 a 17 anos. Entregues durante o almoço ou a janta no refeitório da competição, muitos tem de comer rápido para participar da cerimônia, ou até mesmo, em alguns casos, adiar um pouco sua refeição para colocar no peito a […]

Arquivo Publicado em 04/12/2011, às 12h32

None
526762652.jpg

O horário da entrega de medalhas não vem ajudando os atletas nas Olimpíadas Escolares, etapa 15 a 17 anos. Entregues durante o almoço ou a janta no refeitório da competição, muitos tem de comer rápido para participar da cerimônia, ou até mesmo, em alguns casos, adiar um pouco sua refeição para colocar no peito a sonhada conquista. E este foi exatamente o caso de cinco judocas sul-mato-grossenses neste sábado (3), que voltarão para casa com a bagagem um pouco mais pesada.


Pela manhã, na categoria pesado (+70kg), Camila Gebara confirmou seu favoritismo e faturou a medalha de ouro. Já no meio-pesado (-70kg), Milena Barbosa ficou com a prata. Pela tarde, mais três conquistas vieram: ouro com Ana Carla Grincevicus (-57kg), prata com João Marcelo Benfatti (-73kg) e bronze com uma emocionada Mariana Oliveira Veiga (-63kg). Somente com os resultados de sábado, a equipe já superou as campanhas realizadas pelo judô desde 2005 – ano em que o COB (Cômite Olímpico Brasileiro) passou a organizar os Jogos.?


“Essas conquistas significam que o judô do Estado está crescendo, está se tornando uma potência, na qual destaco a evolução das mulheres. Estamos mostrando que o judô não é apenas para homens”, afirma Camila, que vem de medalha de ouro representando a seleção brasileira Sub-20 de judô no Pan-americano de Santiago, no Chile.


Veterano em Jogos Escolares, João Marcelo comemorou, apesar de ter ficado em segundo lugar, a sua quarta medalha em quatro edições. “Ano passado não vim por causa de uma lesão, então esta medalha tem gostinho de ouro”, explica o judoca.


Já Ana Carla, perguntada se os resultados obtidos podem significar que Mato Grosso do Sul está no caminho para ter judocas nas Olimpíadas de 2016, a atleta disse acreditar na possibilidade. “Com certeza o judô de MS está mostrando que isso é sim possível”, resume. No entanto, para ela estar lá, Ana já pensa no que melhorar em seu jogo. “Não soltar as pegadas, assim vou conseguir jogar todo mundo de ippon”, brinca a atleta medalhista.


Neste domingo (4), a partir das 9h (horário de Brasília), serão realizadas as disputas das categorias leve, meio leve, ligeiro e super ligeiro, todas contando com representantes sul-mato-grossenses.


Crédito das Fotos: Vitor Yoshihara
Sugestão de Legenda: Camila (acima, à esq.), João (acima, ao centro), Mariana (acima, à dir.), Milena (abaixo, à esq.) e Ana Carla (abaixo, à dir.) comemoram conquista.

Jornal Midiamax