Geral

Em Terenos, homem diz que prefere matar a ex do que pagar pensão

L. M. F., de 20 anos, registrou queixa contra seu ex-marido, A. C. N., de 30, na tarde desta sexta-feira em Terenos, a 27 quilômetros de Campo Grande. Ela contou à polícia que foi ameaçada de morte após tê-lo procurado para saber seu endereço. Segundo informações do boletim de ocorrência, a jovem queria saber o […]

Arquivo Publicado em 11/02/2011, às 21h27

None

L. M. F., de 20 anos, registrou queixa contra seu ex-marido, A. C. N., de 30, na tarde desta sexta-feira em Terenos, a 27 quilômetros de Campo Grande. Ela contou à polícia que foi ameaçada de morte após tê-lo procurado para saber seu endereço.


Segundo informações do boletim de ocorrência, a jovem queria saber o endereço pois, na ação por pensão alimentícia que move contra ele, tal informação foi cobrada pela defensoria pública.


Na manhã de hoje, ela recebeu uma mensagem em seu celular: “Você não sabe o que te espera, me aguarde”. Na hora do almoço, ela ligou para o homem para saber o motivo das ameaças.


Ele então disse que não iria pagar a pensão e que esse dinheiro “não iria ficar de graça”. O homem ainda afirmou que “preferia lhe matar do que pagar a pensão”.


O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Terenos.

Jornal Midiamax