Geral

Em Ponta Porã, homem dá ‘gravata’ em PM após briga com facão

Três pessoas foram presas pela Polícia Militar de Ponta Porã depois de brigarem de facão entre si e reagirem à prisão. Um dos homens tentou aplicar uma ‘gravata’ num dos policiais. Dois foram presos na hora e um terceiro acabou capturado quando procurava atendimento médico no hospital regional. A PM foi acionada por volta das […]

Arquivo Publicado em 10/02/2011, às 23h45

None

Três pessoas foram presas pela Polícia Militar de Ponta Porã depois de brigarem de facão entre si e reagirem à prisão. Um dos homens tentou aplicar uma ‘gravata’ num dos policiais. Dois foram presos na hora e um terceiro acabou capturado quando procurava atendimento médico no hospital regional.


A PM foi acionada por volta das 23h30 de ontem, na saída para Antônio João, onde segundo a dona de casa E. M. S., de 26 anos, estaria ocorrendo uma briga, inclusive com uso de arma branca. No local a polícia encontrou Carlos Gonçalves Machado, 20 anos, Jefferson Gonçalves, 20 anos, e Antonio Fagner Gonçalves, todos ensanguentados.


Ao tentar dialogar com eles para fazer revista pessoal, houve reação dos três, que estavam alterados. Eles resistiram à voz de prisão e os policiais foram obrigados a usar força física para dominá-los. Em meio ao entrevero, Jefferson tentou aplicar uma “chave de braço” em um dos PMs.


A polícia fez um disparo em direção ao pé do acusado, que largou o policial e empreendeu fuga. Os outros dois foram imobilizados, algemados e conduzidos até a viatura policial militar. Segundo a PM, Antonio Fagner ameaçou um dos policiais, dizendo que quando saísse da delegacia iria “resolver o assunto”, que não iria “ficar assim”.


Em busca pelo local foi localizado o facão e posteriormente a dupla foi encaminhada ao hospital regional com as lesões por todo corpo. Após receberem atendimento médico e suturas, os dois foram encaminhamos ao 1º Distrito Policial com escoriações pelo corpo.


Quando a PM confeccionava o boletim de ocorrência, foi informada por telefone por funcionários do hospital regional, que um rapaz de nome Jefferson estaria na unidade procurando atendimento médico. Os policiais se deslocaram ao hospital e prenderam o acusado, que era o terceiro envolvido na briga.

Jornal Midiamax