Geral

Em Dourados, projeto discute Comunicação Pública nesta sexta-feira

O projeto de extensão “Diálogos em Comunicação”, coordenado pela Assessoria de Comunicação da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), realiza debates nesta sexta-feira (2) e sábado (03), respectivamente, sobre Comunicação Pública e sobre a representação do índio na mídia local. Os encontros são abertos a qualquer interessado. A discussão sobre Comunicação Pública começar...

Arquivo Publicado em 01/12/2011, às 12h15

None

O projeto de extensão “Diálogos em Comunicação”, coordenado pela Assessoria de Comunicação da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), realiza debates nesta sexta-feira (2) e sábado (03), respectivamente, sobre Comunicação Pública e sobre a representação do índio na mídia local. Os encontros são abertos a qualquer interessado.


A discussão sobre Comunicação Pública começará às 14h, na sala 302 da Unidade I da UFGD (Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso). O convidado é o jornalista e antropólogo Spensy Pimentel, que trabalhou na Radiobras no primeiro mandato do presidente Lula. Nesse período, a empresa pública de comunicação criou o Manual de Jornalismo com objetivo de evitar que pressões partidárias influenciassem o noticiário.


Spensy Pimentel também participará da discussão sobre representação do índio na mídia, juntamente com lideranças indígenas, sábado às 9h, no Núcleo de Atividades Múltiplas da Aldeia Jaguapiru.


Os debates terão a fala de abertura da coordenadora do projeto e presidenta do Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Grande Dourados), Karine Segatto.


Um dos objetivos do projeto é oportunizar espaço de diálogo com a sociedade de maneira geral e especialmente entre os movimentos sociais, estudantes, profissionais, pesquisadores e empresas de comunicação de Dourados. Já foram discutidas a representação do negro (19/11) e da mulher (26/09) na mídia, sendo que o encerramento será com o debate sobre a representação da fronteira (10/12) nos veículos de comunicação da região e ocorrerá às 14h, na sede da Colônia Paraguaia.


O projeto é realizado com recursos para divulgação oriundos da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura da UFGD, por meio da aprovação no edital de ações de extensão, e conta com vários apoiadores como o Sindicato dos Jornalistas Profissionais da Grande Dourados (UFGD) e a Marcha Mundial das Mulheres de Dourados.


Quem deseja receber certificado pode entrar em contato pelo e-mail [email protected] .


SPENSY PIMENTEL


Ele é doutorando no Departamento de Antropologia Social da USP (Universidade de São Paulo) e pesquisador do Centro de Estudos Ameríndios. Possui mestrado em Antropologia Social (2006) e graduação em Jornalismo também pela USP (1997). Entre 2010 e 2011, realizou estágio de pesquisa junto ao Instituto de Investigações Antropológicas da Universidade Nacional Autônoma do México.

Jornal Midiamax