Geral

Eduardo Rocha homenageia “tia Nega” em sessão solene hoje

A Assembléia Legislativa realiza nesta terça-feira uma sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março. Na oportunidade, cada deputado pode escolher uma homenageada que receberá o troféu “Celina Jallad”, como uma homenagem à ex-deputada, que faleceu no último dia 2. A proposta do troféu foi apresentada pela deputada […]

Arquivo Publicado em 15/03/2011, às 16h14

None
1732281096.jpg

A Assembléia Legislativa realiza nesta terça-feira uma sessão solene em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março. Na oportunidade, cada deputado pode escolher uma homenageada que receberá o troféu “Celina Jallad”, como uma homenagem à ex-deputada, que faleceu no último dia 2.

A proposta do troféu foi apresentada pela deputada Dione Hashioka. (PSDB) e Mara Caseiro (PTdoB).

Serão homenageadas mulheres envolvidas nas mais diversas áreas e que prestam serviços voluntários para a comunidade sul-mato-grossense. A sessão solene terá início às 9h e será transmitida ao vivo pela TV Assembleia.

O deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB, escolheu a três-lagoense Visitação Veron da Mota, mais conhecida como “tia Nega”, de 77 anos e que desenvolve um trabalho assistencial voluntario há muitas décadas na cidade. Vereadora por dois mandatos, eleita em 1988 e reeleita em 1992, “tia Nega” .

Durante o mandato conquistou junto à extinta LBA a construção do Centro de Convivência da Terceira Idade “Tia Nega” e o Centro de Educação Infantil “Diva Garcia”.

Ainda como vereadora recebeu o diploma de Honra ao Mérito “Antônio Trajano dos Santos”, em 1992, e o pitoresco título de Tombamento como Patrimônio Histórico, Moral e Ético da Política Três-Lagoense, ato publicado em Diário Oficial, em 1995.

Ela começou na vida pública como coordenadora de Assistência Social de Três Lagoas, no programa Panelão, de fornecimento de cestas básicas a famílias carentes, na década de 80. Foi criadora do programa de hortas comunitárias em Três Lagoas.

Também foi a pioneira na implantação de clubes de mãe, destinados a atendimento social das famílias carentes, com atividades artesanais e de cuidados com os filhos.

Foi ainda a fundadora do Estádio da Associação Desportiva da Noroeste (Estádio da Aden), junto com ferroviários e com o marido, Benedito Soares da Motta, ex-vereador por três mandatos.

Jornal Midiamax