Geral

Duque de Edimburgo recebe visita da rainha e filhos no hospital

A rainha Elizabeth II visitou neste sábado seu marido, o Duque de Edimburgo, de 90 anos, operado na véspera em Cambridge (sudeste) por causa de uma artéria obstruída. Ele permanecerá em observação por um curto período, segundo o palácio de Buckingham. A rainha, que passa as festas de Natal na propriedade de Sandringham, uma centena […]

Arquivo Publicado em 24/12/2011, às 20h36

None

A rainha Elizabeth II visitou neste sábado seu marido, o Duque de Edimburgo, de 90 anos, operado na véspera em Cambridge (sudeste) por causa de uma artéria obstruída. Ele permanecerá em observação por um curto período, segundo o palácio de Buckingham.


A rainha, que passa as festas de Natal na propriedade de Sandringham, uma centena de quilômetros de Cambridge, pegou um helicóptero para visitar o marido, que há quase sessenta anos a acompanha em seu papel de príncipe consorte.


Elizabeth II estava acompanhada por três dos seus quatro filhos, a princesa Anne e os príncipes Andrew e Edward, que puderam constatar, segundo a coroa britânica, que o príncipe Philip está “animado” e “com muita vontade” de sair do hospital.


O príncipe Charles, herdeiro da coroa, visitou o pai um pouco mais tarde, em companhia de sua esposa Camila, informou o Palácio.


Este sábado não está prevista nenhuma outra visita da família real, segundo o Palácio de Buckingham, que garantiu que a operação foi um “sucesso”.


A coroa não detalhou, contudo, quando o príncipe Philip sairá do hospital de Papworth, que goza de uma reputação muito boa no setor cardíaco.


O esposo da rainha da Inglaterra ficará “sob observação no hospital durante um breve período”, indicou o Palácio. Segundo a BBC, o Duque deve ficar hospitalizado por quatro a cinco dias.


O primeiro-ministro britânico, David Cameron, desejou “um rápido restabelecimento” ao príncipe.


Philip foi internado na sexta-feira à noite em Papworth depois de sentir dores no peito. Os médicos descobriram que ele tinha uma artéria coronária obstruída.


O príncipe foi submetido a uma operação “pouco invasiva” na qual colocaram um “stent” (cânula que se coloca no interior das artérias para evitar sua obstrução) apenas com anestesia local.


Philip, o mais idoso dos príncipes consortes britânicos, comemorou seus 90 anos em junho. Ele se casou com Elizabeth II em 1947, cinco anos antes de ela ser coroada rainha. Eles tiveram quatro filhos (Charles, Anne, Andrew e Edward) e sete netos.


Segundo o palácio, sua hospitalização não deve alterar o programa da família real para o Natal. Os membros da família costumam participar de uma missa na igreja Santa Maria Madalena, situada em Sandringham.


A família real, que este ano contará com a presença de Kate, esposa do príncipe William, após a missa ouvirá o discurso da rainha retransmitido por todas as rádios e televisões da Grã-Bretanha.


No discurso, Elizabeth II falará das virtudes da família real, cuja popularidade aumentou com o casamento de William. O discurso foi gravado antes da hospitalização de Philip.


Jornal Midiamax