Dois homens conhecidos como “Gambá” e “Buda” tentaram, novamente, matar um homem de 34 anos de idade. A dupla já havia acertado dois tiros na vítima na madrugada de sexta-feira, 05 de agosto, por volta da 01h30, na rua 7 de Setembro, no bairro Popular Velha. O motivo seria o fato de o homem não querer mais vender drogas para Gambá que mantém uma boca de fumo na região, o que estaria atrapalhando os negócios do acusado.

Como os ferimentos não foram graves, o homem alvejado recebeu atendimento médico no Pronto-Socorro Municipal e foi liberado, entretanto, na madrugada deste domingo, 07 de agosto, por volta da meia-noite, a dupla voltou ao mesmo local do crime anterior, só que desta vez, com uma moto que era pilotada por Buda. Gambá, que estava como passageiro, fez três disparos de revólver na direção do homem, porém nenhum acertou o alvo.

Em diligências pela região, a equipe da Polícia Militar localizou a moto e um capacete que foi reconhecido pela vítima como sendo o utilizado pela dupla. Quando os policiais realizavam a ação, um homem surgiu dizendo que o veículo lhe pertencia, mas que estava com o filho dele. Na vistoria, os policiais constataram que a moto estava com a placa levantada, prática utilizada para assaltos a fim de que as vítimas ou testemunhas não a identifiquem, além disso, o veículo estava com o lacre da placa rompido e sem retrovisor. O homem que se identificou como proprietário da moto foi conduzido para a Delegacia de Policia Civil e o veículo encaminhado para o Detran.