Geral

Ditador líbio ameaça bombardear manifestantes em cidade-chave

O ditador da Líbia, Muammar Gaddafi, ameaçou nesta terça-feira (1º) bombardear a partir do ar os manifestantes na cidade de Zawiya, a 50 km ao oeste de Trípoli, informou a rede de TV Al Jazeera, do Qatar. Um dos porta-vozes dos chamados “jovens da revolução de 17 de fevereiro” disse ao canal catariano que ao […]

Arquivo Publicado em 01/03/2011, às 18h32

None

O ditador da Líbia, Muammar Gaddafi, ameaçou nesta terça-feira (1º) bombardear a partir do ar os manifestantes na cidade de Zawiya, a 50 km ao oeste de Trípoli, informou a rede de TV Al Jazeera, do Qatar.

Um dos porta-vozes dos chamados “jovens da revolução de 17 de fevereiro” disse ao canal catariano que ao menos três pessoas morreram na véspera em Misrata, a terceira cidade do país, a 200 km ao leste de Trípoli.

Há três dias aliados de Gaddafi pediram aos habitantes dessa cidade que saíssem às ruas para organizar manifestações em seu apoio por ocasião da visita de um pequeno grupo de jornalistas estrangeiros, mas estes rejeitaram a solicitação.

A ameaça de bombardeios representaria a resposta de Gaddafi à rejeição dos habitantes da cidade de manifestarem apoio a ele.

Moradores informam que há reservas de alimentos para dez dias e existe temor de uma catástrofe humanitária.

Jornal Midiamax