DIG prende quadrilha de ladrões e traficantes em Três Lagoas

Na manhã desta terça-feira (06) policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prenderam uma quadrilha, formada por 04 homens e 01 mulher, acusada de tráfico de drogas e roubo. Eles foram presos em suas residências, no bairro Vila Verde, após investigações da DIG, que recebeu denúncias de que indivíduos envolvidos em um roubo a uma […]
| 06/12/2011
- 22:17
DIG prende quadrilha de ladrões e traficantes em Três Lagoas

Na manhã desta terça-feira (06) policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) prenderam uma quadrilha, formada por 04 homens e 01 mulher, acusada de tráfico de drogas e roubo. Eles foram presos em suas residências, no bairro Vila Verde, após investigações da DIG, que recebeu denúncias de que indivíduos envolvidos em um roubo a uma empresa de internet no último sábado (03) moravam no bairro citado.

As prisões de Edson Nunes da Silva, 19 anos, Robson Nogueira Cunha, 21 anos, André Rodrigues Freitas, 19 anos e Fábio Nogueira Batista, 18 anos, aconteceram nas Ruas D e A.

A quadrilha confessou o roubo do último sábado (03) e também outro crime ocorrido no dia 17 de setembro. De acordo com informações policiais, Freitas era responsável pelo aluguel das armas utilizadas nos crimes.

O material roubado era trocado em uma boca de fumo, na Rua B, no mesmo bairro, onde os policiais prenderam Jéssica Conceição Brito dos Santos, 19 anos. Na residência, foram localizadas 95 “paradinhas” de maconha prontas para serem revendidas e 01 tablete da mesma droga, totalizando 534g, além de 02g de cocaína. A droga foi avaliada em R$ 1000.

Os crimes de cada um

A quadrilha foi encaminhada à sede da DIG, três foram autuados em flagrante. Freitas foi autuado por porte ilegal de arma. Jéssica e Batista por tráfico de drogas. Silva e Cunha serão indiciados pelo crime de roubo e responderão em liberdade.

Jéssica, que tem uma filha de apenas 01 mês, negou que a droga encontrada em sua casa fosse dela. A jovem relatou à polícia que o entorpecente seria de seu amásio. A filha dela será encaminhada a um abrigo da cidade.

Em entrevista à reportagem da Rádio Caçula, Silva disse que “está nessa vida”, por estar desempregado e ter um filho de 04 meses para criar. Ele era o garupa da moto no dia do crime.

Além das drogas, foi apreendida uma moto Suzuki Yes, placa HSS 7702, 04 rádio comunicadores, 04 celulares e dois notebooks.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias