Geral

Detenta é encontrada morta no presído Irmã Irma Zorzi, em Campo Grande

Aline Soares Beca, 22 anos, detenta do estabelecimento penal feminino Irmã Irma Zorzi, localizado na rua Uruguaiana, bairro Coronel Antonino,  pode ter se matado na madrugada desta terça-feira (18). Segundo informações do delegado da 2ª DP, Valdir Benetti, a mulher que estava em uma cela disciplinar, foi encontrada morta nesta manhã, amarrada em um lençol […]

Arquivo Publicado em 18/10/2011, às 12h15

None

Aline Soares Beca, 22 anos, detenta do estabelecimento penal feminino Irmã Irma Zorzi, localizado na rua Uruguaiana, bairro Coronel Antonino,  pode ter se matado na madrugada desta terça-feira (18).


Segundo informações do delegado da 2ª DP, Valdir Benetti, a mulher que estava em uma cela disciplinar, foi encontrada morta nesta manhã, amarrada em um lençol pendurado na porta. O CIOPS (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) foi acionado por volta das 7h.


O delegado ainda informou que Beca tinha problemas psicológicos e que devido a isso ela era rejeitada pelas demais detentas do presídio.


O CIGCOE (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) também esteve no presídio, pois havia informação de que as detentas estariam muito agitadas e poderia haver um início de rebelião.


O Corpo de Bombeiros foi acionado para verificar a informação de principio de incêndio no local. Entretanto, o aviso era falso e não ocorreu nenhum problema.

Jornal Midiamax