Geral

Dentista é mantida em cárcere privado e ameaçada de morte

Uma dentista de 53 anos que presta serviços para a Funasa (Fundação Nacional de Saúde) foi mantida em cárcere privado em seu consultório em uma aldeia na região de Tacuru. Segundo informações do boletim de ocorrência, a dentista estava no seu consultório quando o autor invadiu o local e, com uma faca, abraçou e rendeu […]

Arquivo Publicado em 12/05/2011, às 14h08

None

Uma dentista de 53 anos que presta serviços para a Funasa (Fundação Nacional de Saúde) foi mantida em cárcere privado em seu consultório em uma aldeia na região de Tacuru.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a dentista estava no seu consultório quando o autor invadiu o local e, com uma faca, abraçou e rendeu a dentista.

O homem colocou a faca no pescoço da vítima e mandou todos saírem do consultório, senão iria matá-la.

A dentista só conseguiu escapar após um descuido do autor. Foram realizadas buscas no local, porém, ninguém foi preso.

Jornal Midiamax