Geral

Delegado começa ouvir alunos intoxicados em escola na próxima semana

A partir da próxima semana, o delegado titular da 4ª DP de Campo Grande, Devair Aparecido Francisco, começa a colher depoimento dos alunos que sofreram intoxicação após consumir merenda na Escola Municipal Iracema Maria Vicente, que fica no bairro Rita Vieira.O fato aconteceu na tarde do dia 27 de setembro. De acordo com o delegado, […]

Arquivo Publicado em 20/10/2011, às 20h27

None

A partir da próxima semana, o delegado titular da 4ª DP de Campo Grande, Devair Aparecido Francisco, começa a colher depoimento dos alunos que sofreram intoxicação após consumir merenda na Escola Municipal Iracema Maria Vicente, que fica no bairro Rita Vieira.O fato aconteceu na tarde do dia 27 de setembro.

De acordo com o delegado, o objetivo agora é saber a natureza da intoxicação, ou seja, se a contaminação foi provocada por ato acidental, imprudência, negligência ou imperícia de quem preparou e manipulou os alimentos servidos. Outra possibilidade é que a contaminação possa ser acidental, onde o alimento já pode ter chegado comprometido na cozinha da escola.

Em relação aos laudos periciais feitos nos alimentos, Devair Francisco afirma que nem todos foram encaminhados para ele ainda.

Relembre o caso

Cerca de 180 alunos passaram mal, por volta das 14h30, do dia 27 de setembro, após a merenda ser servida na Escola Municipal Iracema Maria Vicente, no bairro Rita Vieira.

Várias ambulâncias dos Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) estiveram no local para levar as crianças aos postos de saúde. Um microônibus dos bombeiros também foi usado para fazer o resgate das crianças.

A suspeita é de que a água ou a comida da escola estavam contaminadas. O cardápio da merenda usado naquele dia foi arroz carreteiro, feijão, farofa de salsicha e ovo, e salada de repolho e tomate. Depois do fato, a escola passou por rigorosa limpeza e os alimento no estoque, embora no prazo de validade, foram descartados.

Jornal Midiamax