Geral

Delcídio anuncia Vander como candidato de consenso do PT em Campo Grande

Na tarde dessa sexta-feira (21) a corrente interna Movimento PT promoveu uma reunião na sede da Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems) para definir os rumos do grupo de escolha de um candidato petista à Prefeitura de Campo Grande em 2012. Na ocasião, o senador Delcídio do Amaral, integrante da corrente, anunciou que o deputado […]

Arquivo Publicado em 22/10/2011, às 11h38

None

Na tarde dessa sexta-feira (21) a corrente interna Movimento PT promoveu uma reunião na sede da Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems) para definir os rumos do grupo de escolha de um candidato petista à Prefeitura de Campo Grande em 2012. Na ocasião, o senador Delcídio do Amaral, integrante da corrente, anunciou que o deputado federal Vander Loubet (PT) será o candidato de consenso do PT na Capital. “É o PT de todos”, afirmou Delcídio, em alusão ao slogan que usou na campanha para sua reeleição no ano passado, “O senador de todos”.


O ex-deputado estadual Pedro Teruel, que também integra o Movimento PT, disse na reunião que renuncia à sua pré-candidatura para que o grupo apóie Vander e o PT se una em torno de um único candidato. De acordo com Delcídio, o deputado federal Antonio Carlos Biffi já teria conversado com Pedro Kemp, da corrente Articulação de Esquerda (AE), e que o deputado estadual também deve abrir mão da pré-candidatura.


Para Vander, trata-se de um passo importante no fortalecimento do PT para as eleições municipais do ano que vem. “Se o PT estiver unido, não só em Campo Grande como também no interior, não tenho dúvida de que temos condições de conquistar de 15 a 20 prefeituras”, afirmou. “Não há como construir uma frente de oposição com nossos aliados se no PT houver quatros nomes disputando. O primeiro passo nós estamos dando, que é unificar o partido em torno de um nome. Depois vamos disponibilizar esse nome para os aliados. Posteriormente vamos formatar essa frente de oposição com quem estiver melhor para disputar”, completa.


União e diálogo


Segundo o deputado Vander, a escolha do seu nome por parte de Delcídio e de outras lideranças ligadas ao senador é uma demonstração de compromisso com o partido. “Todos conhecem a minha relação de proximidade com o Zeca. E o apoio ao meu nome pela corrente do Delcídio, do Biffi, da Thais Helena, do Amarildo e do Teruel é uma sinalização para o diálogo deles com a corrente a qual o Zeca pertence. Isso demonstra a intenção clara de trabalhar pela união do PT e, ao meu ver, afasta de vez os boatos em torno dessa questão”, afirmou Loubet.


Construindo um Novo Brasil e demais correntes


Nesse sábado (22) deve ser realizada a reunião da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), capitaneada por Zeca do PT. Vander afirmou que espera o apoio do ex-governador e do grupo em torno da sua candidatura. Na segunda-feira (24), a intenção dp partido é reunir representantes das cinco correntes do partido – CNB, Movimento PT, AE, PT de Lutas e de Massas (PTLM) e


Democracia Socialista (DS) – na sede do Diretório Regional para declarar o apoio conjunto ao projeto com Vander candidato a prefeito.

Jornal Midiamax