Geral

Cuca pede demissão e Joel Santana assume o Cruzeiro

A era Cuca chegou ao fim no Cruzeiro. Após o péssimo início no Campeonato Brasileiro, com três empates e duas derrotas, o treinador voltou a entregar o cargo à diretoria celeste depois da partida de sábado contra o América-MG, ele já havia feito o mesmo após o empate contra o Santos. No entanto, desta feita, […]

Arquivo Publicado em 19/06/2011, às 19h20

None

A era Cuca chegou ao fim no Cruzeiro. Após o péssimo início no Campeonato Brasileiro, com três empates e duas derrotas, o treinador voltou a entregar o cargo à diretoria celeste depois da partida de sábado contra o América-MG, ele já havia feito o mesmo após o empate contra o Santos. No entanto, desta feita, o presidente Zezé Perrella aceitou a argumentação de Cuca e já até anunciou um substituto para o cargo: o folclórico Joel Santana.

O curioso é que, após o jogo de sábado, contra o Américao gerente de futebol do clube, Valdir Barbosa, havia cravado a permanência de Cuca. O agora ex-técnico da Raposa é o segundo técnico a deixar o cargo neste Brasileirão. Antes dele, o técnico Silas havia deixado o Avaí rumo ao futebol do Catar.

Cuca encerra a sua passagem pela Raposa com um aproveitamento de 67,7%. O técnico comandou o time celeste em 60 jogos, com 37 vitórias, 12 derrotas e 11 empates. O Cruzeiro, nesse período, marcou 118 gols e sofreu 52. Cuca foi campeão mineiro, em 2011, e vice-campeão do Brasileiro do ano passado.

Jornal Midiamax