Geral

Criança morre após cair em poço em Amambai; mãe foi resgatada 80 horas depois

Um bebê de um ano e nove meses morreu após cair em um poço abandonado de 15 metros de profundidade na Aldeia Amambai, em Amambai. A mãe da criança, que também despencou, ficou ferida. Segundo as informações do site A Gazeta News, Marilei Riquelme e a criança caíram no poço no início da noite da […]

Arquivo Publicado em 24/09/2011, às 21h05

None
1045220174.jpg

Um bebê de um ano e nove meses morreu após cair em um poço abandonado de 15 metros de profundidade na Aldeia Amambai, em Amambai. A mãe da criança, que também despencou, ficou ferida.


Segundo as informações do site A Gazeta News, Marilei Riquelme e a criança caíram no poço no início da noite da terça-feira, dia 20 de setembro, mas mãe e filho só foram localizados na manhã desse sábado (24) por moradores da própria aldeia, que acionaram o Corpo de Bombeiros.


Quando a equipe do Corpo de Bombeiros de Amambai chegou ao local, uma área de difícil acesso dentro da reserva indígena, Marilei já havia sido retirada do poço pelos moradores da aldeia, mas o corpo da criança permanecia em seu interior.


Após ser resgatada, a mulher, que estava bastante debilitada e com muita fome após praticamente 80 horas sem comer e sem beber, disse que o filho teria morrido ainda na madrugada da quarta-feira (21), segundo o Corpo de Bombeiros possivelmente de hipotermia, tendo em vista que o poço continha água e a madrugada estava fria.


Depois de receber alimentação oferecida pelos próprios moradores da aldeia, Marilei Riquelme foi encaminhada por uma equipe da SESAI (Secretaria Especial da Saúde Indígena) para um hospital na cidade para receber atendimento médico.


Com informações do site A Gazeta News

Jornal Midiamax