Geral

Corpo de menino morto em tiroteio dentro de shopping é sepultado

Foi enterrado neste sábado (12) o corpo do menino de 7 anos baleado durante uma tentativa de assalto seguida de tiroteio dentro de um shopping em Itaguaí, na Baixada Fluminense. Lucas dos Santos teria sido atingido na região da virilha.

Arquivo Publicado em 12/02/2011, às 22h59

None

Foi enterrado neste sábado (12) o corpo do menino de 7 anos baleado durante uma tentativa de assalto seguida de tiroteio dentro de um shopping em Itaguaí, na Baixada Fluminense. Lucas dos Santos teria sido atingido na região da virilha.

Foi enterrado neste sábado (12) o corpo do menino de 7 anos baleado durante uma tentativa de assalto seguida de tiroteio dentro de um shopping em Itaguaí, na Baixada Fluminense. Lucas dos Santos teria sido atingido na região da virilha.


O pai do menino, que também foi baleado, ainda não recebeu alta do hospital, mas foi autorizado pelo médico para acompanhar o enterro do filho, no Cemitério de Santa Cruz, na Zona Oeste. Toda a família estava muito abalada.


“A gente quer justiça. Eu fico pensando quantos vão ter que morrer, quantas mães vão ter que chorar no caixão para haver justiça. As leis tem que ser mudadas, é muita impunidade”, disse a tia do menino, Joseli Overli.


O menino e o pai foram baleados na quinta-feira (10) quando quatro homens armados tentaram roubar uma joalheria. O segurança da loja, que é policial, reagiu.


Outro segurança, que trabalhava no shopping e não usava arma, tentou proteger algumas famílias. Ele se jogou na frente do menino Lucas e acabou atingido. Alexandre Silvério Batista, de 36 anos,foi enterrado na tarde deste sábado.


Outras três pessoas ficaram feridas na troca de tiros, entre elas um dos suspeitos do crime.


A administração do shopping informou que está prestando assistência às famílias e espera o resultado das investigações sobre o tiroteio.


O tiroteio aconteceu por volta das 20h, quando três assaltantes entraram na loja armados de pistolas. Um quarto assaltante, o único preso, ficou no estacionamento, em uma moto, e acabou baleado no rosto no confronto com a polícia quando tentava fugir.


Com ele foi apreendida uma pistola calibre 40, que teria sido furtada de um policial militar.

Jornal Midiamax