Geral

Corpo de Lúdio Coelho segue para o cemitério Parque das Primaveras em carro aberto

Centenas de pessoas acompanham o cortejo; ex-senador e ex-prefeito de Campo Grande, Lúdio Coelho morreu ontem à tarde, aos 88 anos de idade.

Arquivo Publicado em 23/03/2011, às 13h17

None
1841752926.jpg

Centenas de pessoas acompanham o cortejo; ex-senador e ex-prefeito de Campo Grande, Lúdio Coelho morreu ontem à tarde, aos 88 anos de idade.

Velado desde ontem à noite no auditório da Câmara dos vereadores de Campo Grande, o corpo do ex-senador e ex-prefeito da cidade, Lúdio Martins Coelho, 88, segue neste momento para o cemitério Parque das Primaveras, onde será enterrado.

Ao menos uma centena de pessoas entre parentes, amigos e políticos, acompanham o cortejo fúnebre. O corpo de Lúdio é levado numa viatura do Corpo de Bombeiros.

Lúdio morreu ontem à tarde vítima de falência múltipla dos órgãos. Ele havia dado entrando no hospital Proncor, quatro dias atrás, com insuficiência cardíaca. O ex-prefeito sofria de diabetes.

Entre os colegas de um dos pecuaristas mais renomados do Estado, a senadora Marisa Serrano, do PSDB. “Lúdio era dono de uma máxima que dizia o seguinte: o gestor tem de se espelhar no exemplo da dona de casa, que é o de não gastar mais do que ganha”.

Pensando assim, é “que ele fez duas brilhantes gestões [prefeito de Campo Grande”, disse a senadora.

Outra que foi prestar homenagem a Lúdio é o pecuarista e ex-deputado federal Dagoberto Nogueira, do PDT. “Embora de correntes políticas diferentes, sempre vi em Lúdio um exemplo. Ele me dava dicas até de como administrar uma fazenda”, disse Nogueira. O corpo de Lúdio será enterrado ainda nesta manhã.

Jornal Midiamax