Geral

Corinthians “joga por terror” e ri por último contra o Palmeiras

Lateral direito Alessandro marcou o único gol do jogo no final do segundo tempo; Palmeiras segue na liderança com 16 pontos, e o Corinthians subiu para 9º, com nove.

Arquivo Publicado em 06/02/2011, às 21h02

None
1698234962.jpg

Lateral direito Alessandro marcou o único gol do jogo no final do segundo tempo; Palmeiras segue na liderança com 16 pontos, e o Corinthians subiu para 9º, com nove.

A torcida do Palmeiras recebeu o Corinthians no Pacaembu com um mosaico criativo, ironizando a eliminação do maior rival na pré-Libertadores, com a inscrição: “Ha ha ha”. Quem riu por último neste domingo, no entanto, foi a combalida equipe comandada por Tite. Um dos jogadores poupados da revolta dos corintianos, o lateral direito Alessandro marcou o gol da vitória por 1 a 0, aos 37 minutos do segundo tempo.


O resultado ameniza a crise no Corinthians, que enfrentou uma série de protestos violentos após a vexatória derrota para o colombiano Tolima. A torcida ameaçava durante a semana, em coro: “Ou joga por amor, ou joga por terror!”. O time respondeu dentro de campo, justamente contra o maior rival. O astro Ronaldo, que afirmou em seu Twitter só “jogar por amor”, não estava no Pacaembu porque alegou lesão muscular na coxa direita.


Mesmo sem a vitória, o Palmeiras continua em grande fase no início de 2011, na primeira colocação do Estadual, com 16 pontos ganhos. Já o Corinthians, que agora disputa apenas o Paulistão, tem 9 pontos e dois jogos a menos em relação à maioria dos concorrentes. A equipe dirigida pelo até então ameaçado Tite só havia vencido uma partida na temporada, a estreia contra a Portuguesa.


O Corinthians voltará ao Pacaembu na quarta-feira, para tentar acalmar definitivamente seus torcedores com um bom resultado contra o Ituano. Por sua vez, o Palmeiras só atuará no próximo sábado, também no estádio municipal, contra o Americana.

Jornal Midiamax