Geral

Contraf diz que alta dos juros vai inibir geração de empregos

Para a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) o aumento da taxa básica de juros (Selic) vai inibir a geração de empregos no país. Segundo o sindicato, que é filiado a Central Única dos Trabalhadores (CUT), “não há  há embasamento técnico que justifique esse aumento”. De acordo com a Contraf, o avanço da […]

Arquivo Publicado em 03/03/2011, às 00h41

None

Para a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf) o aumento da taxa básica de juros (Selic) vai inibir a geração de empregos no país. Segundo o sindicato, que é filiado a Central Única dos Trabalhadores (CUT), “não há  há embasamento técnico que justifique esse aumento”.


De acordo com a Contraf, o avanço da inflação verificado nos últimos meses está relacionado a “majorações de preços de algumas commodities agrícolas, não havendo nenhum indício de que tenham sido provocadas pelo aumento da demanda”.


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) decidiu hoje (2), em sua segunda reunião do ano, elevar em 0,5 ponto percentual a taxa básica de juros. Com isso a taxa ficou em 12,75% ao ano.

Jornal Midiamax