Geral

Comissão Nacional visita o Ibama nesta para averiguar denúncias de irregularidades em MS

Com o objetivo de investigar denúncias de irregularidades e restaurar a normalidade dos trabalhos, cinco pessoas de Brasília, entre analistas ambientais e dirigentes, do Ibama Nacional (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis) visitam nesta quinta-feira (20) a sede do Ibama de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande. A Comissão sentiu a necessidade […]

Arquivo Publicado em 20/10/2011, às 20h35

None

Com o objetivo de investigar denúncias de irregularidades e restaurar a normalidade dos trabalhos, cinco pessoas de Brasília, entre analistas ambientais e dirigentes, do Ibama Nacional (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis) visitam nesta quinta-feira (20) a sede do Ibama de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande.


A Comissão sentiu a necessidade de vir à Capital porque nesta segunda-feira (16) o engenheiro agrônomo David Lourenço foi exonerado do cargo que ocupava, ficando o Marcio Yule como Substituto Interino. Sua demissão deve-se a investigação da Polícia Federal, que apura a relação de servidores públicos em irregularidades envolvendo a criação de jacarés e a pousada que pertence ao funcionário do órgão, Gerson Bueno Zahdi.


 De acordo com a assessoria de comunicação do Ibama Nacional, esta visita faz parte da instauração de correição extraordinária na superintendência do órgão aqui no estado, que visa levantar dados e analisar os fatos, para corrigir possíveis erros e abusos de autoridade. Muitos computadores que tinham sido apreendidos pela PF já foram devolvidos aos servidores e a Comissão está acompanhando todo o processo.


Os trabalhos na sede do Ibama está previsto para encerrar no dia 1 de novembro, mas posteriormente, a Comissão retornará para observar as melhorias. De acordo com a assessoria de MS, a principal meta dessa visita é oferecer apoio técnico aos servidores e garantir uma injeção de ânimo para que tudo seja restabelecido.


Rumores


Alguns servidores que não quiseram se identificar com medo de possíveis represálias informaram que há rumores de manifestações para pressionar os dirigentes que o próximo Superintendente do Ibama de MS seja alguém mais técnico e não uma pessoa indicada pela bancada do PT.


Mas ao indagar a assessoria de comunicação, foi dito que cabe apenas ao Ibama Nacional essa decisão e, que até o momento, ninguém se manifestou desta forma. Enquanto isso, a direção do Ibama Nacional informou que não existe prazo para a nomeação de um novo superintendente do órgão.

Jornal Midiamax