O Ceará recebeu o Bahia no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela 19ª rodada do Brasileiro, a última do primeiro turno, e venceu por 3 a 0. O Bahia sentiu a falta do atacante Jóbson, que foi dispensado nesta semana, e do meia Carlos Alberto, suspenso. O resultado deixa o Ceará na 12ª colocação, com 25 pontos ganhos. Já o Bahia beira a zona do rebaixamento, na 16ª posição na tabela, com 20 pontos.
O Ceará vinha de eliminação para o São Paulo na Sul-Americana e derrota para o Cruzeiro pelo Brasileiro, mas conseguiu somar pontos e se afastar da zona de rebaixamento.
Já o Bahia completa o quarto jogo sem vencer no torneio nacional e passou por uma semana conturbada com a dispensa do atacante Jóbson.
Na próxima rodada, o Ceará vai a São Januário, onde enfrenta o Vasco nesta quarta-feira, às 18h. O Bahia recebe o lanterna América-MG, na próxima quinta-feira, às 20h30, no Estádio de Pituaçu.
O jogo
O Ceará fez valer seu mando de campo e, apesar de não poder contar com Rudnei, Heleno e Diego Sacoman, a equipe se impôs desde o começo da partida. O Bahia, por sua vez, não contou com Carlos Alberto e Fahel, suspensos.
Jogando no 3-5-2, o time do técnico Vagner Mancini manteve mais posse de bola e ditou o ritmo da primeira etapa.
A jogo começou truncado, com forte marcação e muitas faltas. Aos 15min, Marcone arriscou de fora da área e a bola passou com perigo perto do ângulo do goleiro Marcelo Lomba.
Aos 16min, Boiadeiro deu ótimo passe para Thiago Humberto, que girou e chutou para abrir o placar. A bola desviou no goleiro, bateu na trave e entrou.
O Bahia tentou a reação, principalmente explorando alguns contra-ataques. O meia Lulinha era o principal articulador das jogadas ofensivas. Aos 22min, o ex-jogador do Corinthians arrancou, mas demorou para chutar e foi desarmado.
Aos 26min, Boiadeiro chutou cruzado, mas para fora. Aos 29min, Thiago Humberto viu Marcelo Lomba adiantado e arriscou do meio campo. O goleiro do Bahia se recuperou e dominou a bola no peito.
Aos 32min, em contra-ataque veloz, Junior recebeu na esquerda e obrigou Diego a fazer boa defesa. Aos 43min, Lulinha bateu colocado, porém para fora.
O Bahia voltou melhor na segunda etapa. Aos 11min, Junior lançou Lulinha, que, livre na esquerda, chutou cruzado para fora. Aos 31min, o mesmo Lulinha avançou pela direita e cruzou. A defesa cearence afastou e, no rebote, Junior cabeceou para defesa de Diego.
Aos 34min, Marcos arriscou de fora da área e obrigou Diego a fazer boa defesa. No minuto seguinte, porém, o Ceará matou o jogo. Osvaldo puxou contra-ataque, driblou o marcador e tocou para Felipe Azevedo, que completou para marcar o segundo gol do Ceará.