Geral

Chávez cancela viagem ao Brasil por lesão no joelho

A Embaixada da Venezuela e o Itamaraty informaram na noite desta segunda-feira (9) que o presidente Hugo Chavez cancelou a viagem que faria ao Brasil. Em nota, o Itamaraty diz que uma nova data será agendada “tão logo se conclua o restabelecimento do mandatário venezuelano” – veja abaixo a íntegra da nota. Chávez chegaria na […]

Arquivo Publicado em 10/05/2011, às 00h42

None

A Embaixada da Venezuela e o Itamaraty informaram na noite desta segunda-feira (9) que o presidente Hugo Chavez cancelou a viagem que faria ao Brasil.


Em nota, o Itamaraty diz que uma nova data será agendada “tão logo se conclua o restabelecimento do mandatário venezuelano” – veja abaixo a íntegra da nota.


Chávez chegaria na noite desta segunda e teria reunião com a presidente Dilma Rousseff nesta terça. No encontro, estava prevista a assinatura de 17 acordos, nas áreas de energia e ciência e tecnologia. Ele também visitaria Equador e Cuba.


Conforme a Embaixada da Venezuela, Chávez teve agravamento de uma lesão no joelho e foi aconselhado por uma junta médica a permanecer em repouso.


Ainda segundo a embaixada, a piora da lesão ocorreu durante o esforço físico de Chávez na entrega de unidades habitacionais nesta segunda.


De acordo com a agência de notícias do governo venezuelano, Chávez informou que teve um vazamento de líquido no joelho e que não sabe se será necessária uma intervenção cirúrgica.


O presidente da Venezuela também diz que é de longa data sua lesão no joelho, da época em que praticava beisebol e de quando era paraquedista na Força Armada Nacional Bolivariana.


Veja abaixo a íntegra da nota do Itamaraty
Nota à Imprensa nº 186
9 de maio de 2011


Cancelamento da visita do Presidente da República Bolivariana da Venezuela, Hugo Chávez, ao Brasil


O Governo brasileiro tomou conhecimento, por intermédio do Chanceler Nicolás Maduro, que chegou a Brasília há pouco, de que o Presidente Hugo Chávez não poderá viajar ao Brasil para a visita prevista para amanhã, 10 de maio, por recomendação médica, para tratamento de lesão no joelho, que exigirá repouso nos próximos dias.


Também foram suspensas as visitas que o Presidente venezuelano faria ao Equador e a Cuba.


O Ministro das Relações Exteriores receberá o Chanceler Maduro, na manhã do dia 10 de maio, para examinar os principais temas das agendas bilateral e regional.


Nova data para a visita do Presidente Hugo Chávez ao Brasil será acordada tão logo se conclua o restabelecimento do mandatário venezuelano.”

Jornal Midiamax