Geral

Católicos de MS levam dogmas da religião e da vida para as avenidas no Corpus Christi

A procissão de Corpus Christi, que acontecerá às 4h da tarde, desta quinta-feira (23), partindo da Igreja Matriz, levou católicos para a Avenida Antonio Trajano desde as primeiras horas da manhã. Cada uma das paróquias de Três Lagoas ficou responsável por um quarteirão e pelo tema escolhido para a quadra.

Arquivo Publicado em 23/06/2011, às 17h12

None
246824952.JPG

A procissão de Corpus Christi, que acontecerá às 4h da tarde, desta quinta-feira (23), partindo da Igreja Matriz, levou católicos para a Avenida Antonio Trajano desde as primeiras horas da manhã. Cada uma das paróquias de Três Lagoas ficou responsável por um quarteirão e pelo tema escolhido para a quadra.

Desde as seis horas da manhã, desta quinta-feira
(23), católicos de Três Lagoas estão reunidos na Avenida Antônio Trajano, no
perímetro que vai da Igreja Matriz de Santo Antonio até a Catedral do Sagrado
Coração de Jesus, criando desenhos no asfalto para simbolizar o Corpus Christi.

A procissão, que acontece todos os anos, é a única no
calendário litúrgico do catolicismo. Ela representa, para os fiéis, a comemoração
do corpo eucarístico de Cristo. Às 4h da tarde, a procissão partirá da Igreja
Matriz até a Catedral. O padre Wilson Pereira, pároco da Paróquia Santo
Antonio, convida a todos para participar desse encontro com Cristo.

“Será um momento de oração, de encontro com Cristo.
Todos estão convidados para participar e apreciar a beleza do trabalho das
quatro paróquias da Cidade. Os temas desse ano, escolhido por cada uma, são – Sacramentos,
Vocacional, Família e o Meio Ambiente – da Campanha da Fraternidade desse ano”.

Para João Victor Cavalheiro de Melo, de 16 anos, o
dia simboliza a concretização de um sonho que começou desde a terça-feira (21).

“Nosso grupo, o Jovisa – Jovens na orientação para
a vivência sacramental – iniciou os trabalhos há dois dias. Decidimos desde o
tema que iríamos levar para a avenida, que são os sete sacramentos, até o
desenho que iríamos fazer para representá-los. Hoje, ao ver o sonho
concretizado, temos a expectativa de que o público aprecie o nosso trabalho”,
afirmou.

Para esses jovens, o dia inteiro será voltado para Jesus
Cristo. “Cerca de 30 jovens estão conosco nos trabalhos. Tiramos o dia para
Deus. Para mim, a data representa algo difícil de repassar em palavras. Acredito
que faz parte do sentimento de cada um. Diariamente, dedicamos uma hora do
nosso tempo para Jesus, hoje será o dia inteiro. Isso faz parte do que
significa para nós a comemoração do Corpus Christi”, explicou o Jovista, Renato
Correa, de 27 anos.

Para os mais velhos não é diferente. O casal Santos
está na Avenida desde as seis horas, ajudando os jovens a concretizar nas ruas,
o tema deste ano. “Agora, com tudo finalizado, nosso sentimento é o de missão
cristã cumprida. Fazemos parte do 5° quarteirão, que ficou por conta do Jovisa
e do ECC – Encontro de Casais em Cristo”.

A paróquia Santa Luzia trouxe este ano para a
Avenida, o tema “Meio Ambiente”. Através de desenhos, garrafas pet, e outros
produtos que devem ser destinados à reciclagem, o grupo de fiéis buscou
demonstrar à população a presença de Cristo na indicação de que o simples gesto
de proteger a natureza, deve fazer parte da vida cristã.

“Desde abril deste ano, o número de pessoas que tem
nos procurado para participar dos atos da Igreja aumentou consideravelmente. Esperamos
que isso seja transferido para a participação em massa do povo de Três Lagoas. Dessa
forma, teremos um número recorde de pessoas na procissão e na missa que
acontecerá a seguir”, desejou padre Wilson.

Jornal Midiamax