Carlos Lupi não aguentou a pressão e saiu a pedido da família, diz Dagoberto Nogueira

Mesmo com o pedido da presidente Dilma Rousseff para que esperasse a reforma ministerial, o ministro do trabalho, Carlos Lupi, deixou a pasta e será substituído interinamente por Paulo Roberto dos Santos Pinto. O pedetista Dagoberto Nogueira destacou que tentou falar com Carlos Lupi neste domingo para lhe prestar solidariedade, mas não obteve sucesso. “Como […]
| 05/12/2011
- 18:06
Carlos Lupi não aguentou a pressão e saiu a pedido da família, diz Dagoberto Nogueira

Mesmo com o pedido da presidente Dilma Rousseff para que esperasse a reforma ministerial, o ministro do trabalho, Carlos Lupi, deixou a pasta e será substituído interinamente por Paulo Roberto dos Santos Pinto.

O pedetista Dagoberto Nogueira destacou que tentou falar com Carlos Lupi neste domingo para lhe prestar solidariedade, mas não obteve sucesso. “Como não consegui falar com ele fui ligando para outras pessoas para ter alguma informação”.

Nogueira falou com Paulinho da Força Sindical, que ressaltou que Carlos Lupi estava incomodado com a situação. “A informação que tenho é que ele não ficou a pedido da família”.

Dagoberto Nogueira enfocou que o ex-ministro não aguentou a pressão, porque começaram mexer em sua vida pessoal. “Sobre a denúncia principal nunca mais foi discutido. E ele havia pedido uma auditoria e encaminhou ofício à Polícia Federal solicitando a apuração do caso”.

Ministério

Para Dagoberto, Paulo Roberto dos Santos Pinto assume interinamente o cargo e o PDT deve fazer uma reunião nos próximos dias.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias