Geral

Campo Grande concentra metade dos casos de dengue no Estado em janeiro

Capital já possui 990 notificações da doença e está no grupo de risco alto para epidemia

Arquivo Publicado em 07/02/2011, às 18h36

None

Capital já possui 990 notificações da doença e está no grupo de risco alto para epidemia

Com 990 notificações, Campo Grande concentra metade dos casos de dengue registrados em Mato Grosso do Sul nas quatro primeiras semanas do ano. Os dados foram divulgados hoje (7) no boletim da Secretaria Estadual de Saúde.


Na avaliação da incidência de dengue, Campo Grande está no grupo de risco alto para epidemia. Já os municípios com risco muito alto são: Paranaíba, São Gabriel do Oeste, Ribas do Rio Pardo, Coxim, Rio Verde de Mato Grosso e Bandeirantes.


Ao todo, a vigilância epidemiológica contabilizou 1.959 casos em 55 municípios. Em 23 localidades, não há registro de casos suspeitos da doença, porém, não houve mortes na última semana em Mato Grosso do Sul.

A dengue começa a avançar com mais velocidade pelo Estado, de acordo com o levantamento oficial. Na primeira semana houve 417 notificações; na segunda, 427; na terceira, 506; e na quarta, 609.

Jornal Midiamax