Geral

Campanha da Fetems busca a defesa da escola pública em Mato Grosso do Sul

No dia 26 de outubro haverá uma ação da campanha, com uma aula da cidadania

Arquivo Publicado em 15/10/2011, às 18h53

None

No dia 26 de outubro haverá uma ação da campanha, com uma aula da cidadania

No mês do professor, a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) lança uma campanha com o tema “Na defesa da Escola Pública”.


A campanha é motivada pela publicação do ranking do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2010, divulgado pelo Mec (Ministério da Educação), onde de dez escolas com as melhores colocações, nove são privadas.


Para o presidente da Fetems, Roberto Magno Botarelli, considerando o investimento anual por aluno em nosso país, a escola de Mato Grosso do Sul que ficou em primeiro lugar, tem mensalidades em torno de R$ 1 mil. “Os números mostram que a comparação entre a escola pública e a privada é impossível”, avaliou.


Segundo Botarelli, a Federação tem lutando para assegurar as condições junto ao poder público, no que se refere ao bom exercício da profissão dos trabalhadores em educação. “Lutamos pela formação inicial e continuada aos educadores, pela limitação do número de alunos por sala de aula, pelo investimento em infraestrutura (conservação predial, laboratórios, bibliotecas) e em segurança nas escolas. Enfim, queremos políticas sistêmicas que contribuam de fato com a Escola Pública que queremos e sonhamos para o nosso país”, conclui.


Campanha


Entre as ações previstas na campanha está à aula da cidadania, que será realizada no dia 26 de outubro, em todas as escolas públicas de Mato Grosso do Sul, abordando e debatendo com os alunos e trabalhadores em educação.

Jornal Midiamax