Geral

Bragantino bate um confuso Santos e tira do rival a chance de liderança

Neymar e Paulo Henrique Ganso pouco inspirados e um Santos confuso. E enquanto as duas estrelas não conseguiam produzir do meio para a frente, a defesa santista não colaborou e ajudou a complicar a situação. Com essa soma de fatores, o Peixe não foi páreo para o Bragantino, que jogou de igual para igual, se […]

Arquivo Publicado em 20/03/2011, às 00h28

None

Neymar e Paulo Henrique Ganso pouco inspirados e um Santos confuso. E enquanto as duas estrelas não conseguiam produzir do meio para a frente, a defesa santista não colaborou e ajudou a complicar a situação. Com essa soma de fatores, o Peixe não foi páreo para o Bragantino, que jogou de igual para igual, se impôs em casa e venceu por 2 a 1, gols de Leo Jaime e, no fim, Marcelinho nos minutos finais. Elano, cobrando pênalti, marcou para o time da Vila Belmiro. O duelo ainda foi marcado pela arbitragem confusa de Leandro Bizzio Marinho, que deu um pênalti e anulou um gol do Peixe, ambos em lances duvidosos.


O Santos fecha a semana com a segunda derrota consecutiva. Começou com o 3 a 2 sofrido diante do Colo Colo, na última quarta-feira, resultado que deixou a equipe de Marcelo Martelotte em situação complicada na Taça Libertadores. Neste sábado, perdeu a chance de dormir na liderança do Paulistão. Com 28 pontos, o time segue atrás de São Paulo e Corinthians.


Por outro lado, o Bragantino se aproximou do G-8, grupo dos que se classificam para a segunda fase. Com a vitória, a equipe de Marcelo Veiga fica em nono lugar, com 19 pontos. O Peixe volta a campo na próxima quarta-feira, quando recebe o Mogi Mirim na Vila Belmiro, às 19h30m (de Brasília). O Braga joga no mesmo dia, mas às 17h, no Anacleto Campanella, onde encara o São Caetano.

Jornal Midiamax