Teve pênalti desperdiçado, pênalti duvidoso não marcado e vitória nos minutos finais. Mas o encontrou entre Santos e Coritiba, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro, nem passou perto do brilho que poderia ter tido este confronto se acontecesse no primeiro semestre, quando os dois times voavam em campo. Se não houve glamour, pelo menos o Coxa conseguiu ser mais eficiente. Nos minutos finais, o time que mais procurou a vitória encontrou-a nos pés de Léo Gago, que selou os 3 a 2.

Com o resultado, o Coxa subiu uma posição na tabela do Campeonato Brasileiro – foi para a nona posição, com 24 pontos. Já o Peixe, que teve Dracena e Pará expulsos, agoniza na 17ª colocação, com 15 pontos e dois jogos a menos que os demais concorrentes. E ouviu vaias no final da partida. A única parte positiva é que Borges, que perdeu um pênalti na disputa, assumiu a artilharia do Brasileirão, com dez gols.

Na rodada seguinte, o Santos vai a Salvador enfrentar o Bahia, às 18h30 do próximo domingo, no Pituaçu, para tentar se recuperar na tabela. Já o Coxa visita o Avaí, no mesmo dia, mas às 16h, na Ressacada.