Geral

Bombeiros mudam estratégia para tentar resgatar com vida menino soterrado no lixão

Os bombeiros continuam lutando contra o tempo no resgate de M.C., menino de 9 anos que foi soterrado no Lixão de Campo Grande, nesta quarta-feira (28), por volta das 17h10, situado no Macroanel, na saída para Sidrolândia, em Campo Grande. De acordo com o Comandante da operação, Capitão André, eles passaram a utilizar cerca de cinco […]

Arquivo Publicado em 28/12/2011, às 21h55

None
192057776.jpg

Os bombeiros continuam lutando contra o tempo no resgate de M.C., menino de 9 anos que foi soterrado no Lixão de Campo Grande, nesta quarta-feira (28), por volta das 17h10, situado no Macroanel, na saída para Sidrolândia, em Campo Grande.


De acordo com o Comandante da operação, Capitão André, eles passaram a utilizar cerca de cinco máquinas, como retroescavadeiras e empilhadeiras para agilizar o resgate. Pois, segundo ele, ainda poderia haver uma remota possibilidade de encontrar a criança com vida. “As máquinas facilitam o trabalho, porque não coloca em risco a vida dos profissionais. Além de garantir mais segurança e dar agilidade ao processo”, destacou o Capitão.


André explicou que, a princípio, estão retirando bastante parte do lixo, mas em seguida, vão começar fazer por camadas até localizar a criança. Ainda não há previsão de conclusão dos trabalhos.


A equipe vai continuar o resgate durante à noite, mas segundo o Capitão, os bombeiros só vão trabalhar com margem de segurança. Portanto, se o resgate estiver colocando em risco a vida da equipe, eles terão que encerrar a operação por um tempo e continuarão nesta quinta-feira (29).


 De acordo com a assessoria, Prefeitura Municipal de Campo Grande apenas vai se posicionar depois que analisarem o caso a fundo.

Jornal Midiamax