Geral

Bolívia anuncia aumento de 20% no salário mínimo, para US$ 116

A Bolívia anunciou na quarta-feira um aumento salarial de 10% para os funcionários públicos e de 20% no salário mínimo com vigência imediata, após intensas negociações com os sindicatos. O ministro do Trabalho, Félix Rojas, fez o anúncio e destacou que o novo salário mínimo, que passa de 679 bolivianos (95 dólares) para 815 bolivianos […]

Arquivo Publicado em 02/03/2011, às 19h48

None

A Bolívia anunciou na quarta-feira um aumento salarial de 10% para os funcionários públicos e de 20% no salário mínimo com vigência imediata, após intensas negociações com os sindicatos.


O ministro do Trabalho, Félix Rojas, fez o anúncio e destacou que o novo salário mínimo, que passa de 679 bolivianos (95 dólares) para 815 bolivianos (116 dólares), deve ser acatado por todos os setores do país.


Já “no setor privado tem que se falar de um aumento com base nestes 10 por cento também com caráter obrigatório”, declarou Rojas. Para os trabalhadores dos órgãos estatais, ele disse que se aplicará o mesmo acordo.


A Central Trabalhadora Boliviana (COB), que agrupa todos os sindicatos do país, realizou uma série de manifestações pedindo um aumento salarial maior ao aprovado pelo governo.


O presidente do país, Evo Morales, classificou de sem propósito o pedido dos sindicatos, que era de equivalente a 1.200 dólares.


“Este aumento que anunciamos agora está de acordo com as possibilidades de nosso Estado Plurinacional, são as possibilidades reais econômicas”, disse o ministro do Trabalho.

Jornal Midiamax