Geral

Bellucci acredita que vai estrear em Wimbledon ‘sem tomar muitos aces’

Thomaz Bellucci imagina que fará um bom jogo na sua estreia no Torneio de Wimbledon este ano. O número 1 do Brasil e 29 do mundo ficou sabendo nesta sexta-feira que enfrentará na primeira rodada o alemão Rainer Schuettler, ex-top 10 e atual 118º do ranking. O paulista de 23 anos ressaltou a experiência do […]

Arquivo Publicado em 18/06/2011, às 09h56

None

Thomaz Bellucci imagina que fará um bom jogo na sua estreia no Torneio de Wimbledon este ano. O número 1 do Brasil e 29 do mundo ficou sabendo nesta sexta-feira que enfrentará na primeira rodada o alemão Rainer Schuettler, ex-top 10 e atual 118º do ranking.


O paulista de 23 anos ressaltou a experiência do oponente, 12 anos mais velho, mas comemora o fato de o alemão não ser um grande sacador.


– O Schuettler é um jogador muito experiente, joga reto e dá bastante ritmo. Sendo assim, acho que vai ser um bom jogo, porque vou conseguir entrar mais nos pontos, sem tomar muitos aces – analisou Bellucci, em e-mail enviado por sua assessoria de imprensa.


O Grand Slam britânico, disputado em quadras de grama, começa na próxima segunda-feira, mas a partida de Bellucci e Schuettler ainda não tem data marcada. Por enquanto, o brasileiro segue treinando em Londres ao lado de seu técnico, Larri Passos.


– Esta semana, como já aconteceu hoje, tivemos que treinar algumas vezes na quadra coberta em função da chuva, mas a preparação está sendo boa. Conseguimos treinar algumas jogadas que acontecem nesse tipo de quadra (grama) e alguns fundamentos específicos, além de jogar alguns sets para não perder o ritmo – afirmou o tenista brasileiro.


Bellucci disputará o Torneio de Wimbledon pela terceira vez na carreira. Em 2008, foi eliminado na segunda rodada pelo alemão Simon Stadler em um jogo de cinco sets. No ano passado, avançou à terceira fase, mas caiu diante do sueco Robin Soderling, então número 6 do mundo.


Schuettler, por sua vez, está longe do melhor tênis que já apresentou. O alemão atingiu seu auge em 2004, quando ocupou a quinta colocação no ranking mundial. Este ano, ele já disputou 14 partidas em torneios de nível ATP e saiu vencedor em apenas três.

Jornal Midiamax