Geral

Banco Mundial libera empréstimo de US$ 49,6 milhões ao Brasil

Quantia servirá para aumentar contribuições do setor de minas e energia; boas práticas brasileiras devem ser aplicadas a outros países.

Arquivo Publicado em 21/12/2011, às 22h39

None

Quantia servirá para aumentar contribuições do setor de minas e energia; boas práticas brasileiras devem ser aplicadas a outros países.

O Banco Mundial informou ter liberado um empréstimo equivalente a quase R$ 85 milhões para o setor de minas e energia do país.


De acordo com o órgão, o setor ajudou, de forma substancial, o crescimento brasileiro nos últimos anos.


Inclusão Social


O objetivo do empréstimo é melhorar o potencial da área, além de incentivar a sustentabilidade ambiental e a inclusão social.


A quantia deve ainda ser usada em projetos para beneficiar as faixas mais pobres da população, que dependem da extração mineral. Com o empréstimo, pretende-se obter serviços mais baratos e um setor de mineração mais eficiente.


A assistência técnica deve fortalecer a capacidade de fornecimento de energia baseada em baixo carbono.


Papel Global


De acordo com o Banco Mundial, o projeto se torna mais importante à medida que o país expande seu papel global nos setores de mineração e energia.


O diretor do Banco Mundial no país, Makhtar Diop, afirmou que o Brasil tem uma das matrizes de energia mais limpas do mundo.


O objetivo do empréstimo também é levar as boas práticas brasileiras a outros países com projetos semelhantes.


Entre os quatro pontos do programa estão o apoio à cooperação Sul-Sul e ao desenvolvimento e adoção de tecnologias de ponta.



Jornal Midiamax