Geral

Baixa temporada começa e preços dos pacotes de viagem caem

Acabou o carnaval, hora de voltar ao trabalho e à rotina. Será? Não falta vontade de estender a festa. Uma boa notícia: com o fim do carnaval, os pacotes de viagem pelo Brasil entram em promoção. Quem pode viajar para fazer turismo agora vai fazer um excelente negócio. Já as viagens de negócio, para cidades […]

Arquivo Publicado em 10/03/2011, às 09h58

None

Acabou o carnaval, hora de voltar ao trabalho e à rotina. Será? Não falta vontade de estender a festa. Uma boa notícia: com o fim do carnaval, os pacotes de viagem pelo Brasil entram em promoção. Quem pode viajar para fazer turismo agora vai fazer um excelente negócio. Já as viagens de negócio, para cidades como São Paulo, vão ficar mais caras. O paulistano que está acordando agora já sabe: é hora de voltar com tudo à realidade.

Chegou a hora de retornar ao trabalho.

“Dá vontade de não voltar mais, depois de tanta folia. É como o pessoal fala: o ano começa só depois do carnaval para o brasileiro”, brinca o consultor de moda Francisco Flávio de Carvalho.

O supermercado reabriu com novidade. Nem vendeu o estoque de panetones, mas já montou um estande para os ovos de páscoa.

“Está tudo seguindo muito depressa: Natal, ano novo, de repente é carnaval, Páscoa e vai”, opina a técnica de gesso Maria Aparecida de Lima.

Já os preços das hospedagens nos hotéis estão em queda porque a procura daqui para frente é bem menor. Depois do carnaval fica mais barato fazer turismo. As agências de viagens dizem que a partir de agora começa o período de baixa temporada. Em São Paulo, por exemplo, os preços dos pacotes já estão até 40% mais em conta.

Uma operadora está fazendo promoções. No início do mês, quatro dias em um resort de luxo no litoral da Bahia – com todas as refeições incluídas – custavam R$ 1,5 mil por pessoa. Agora, saem por R$ 1,1 mil.

“Sem dúvida é um bom momento. Primeiro, porque você consegue melhores preços, usufrui mais da viagem, os lugares não estão tão lotados, dá para ter atendimento personalizado. Você pode visitar pontos turísticos sem muita aglomeração”, explica o diretor de vendas Amauri Morais.

A Associação Brasileira de Agências de Viagens diz que agora diminuem muito os passeios em família e crescem as viagens de negócios.

“A partir de agora temos, digamos, o ano comercial se iniciando. Empresas, executivos que estavam de férias voltaram para a empresa e ela começa a trabalhar com força máxima. Realmente temos aí aumento grande de eventos, viagens corporativas, nos receptivos. Mas essa procura, essa mudança fica canalizada para o setor corporativo, não para o setor de lazer”, ressalta o representante da ABAV de São Paulo, Constantino Karacostas.

É por causa dessas viagens corporativas, ou seja, a trabalho, que os preços das passagens aéreas não caem nessa época. Em compensação, além do melhor preço dos pacotes de viagens, o gasto nos restaurantes em destinos turísticos também fica menor.

Jornal Midiamax