Geral

Azambuja ‘devolve’ a Nelsinho duas secretarias chefiadas pelo PSDB

Deputado, presidente do PSDB em MS, disse ter entregado nesta quarta-feira os dois cargos chefiados por membros da legenda ao prefeito da Capital.

Arquivo Publicado em 21/06/2011, às 20h14

None

Deputado, presidente do PSDB em MS, disse ter entregado nesta quarta-feira os dois cargos chefiados por membros da legenda ao prefeito da Capital.

O deputado federal Reinaldo Azambuja, presidente do PSDB em Mato Grosso do Sul, disse ter entregado nesta quarta-feira os dois cargos chefiados por membros da legenda ao prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, do PMDB.

Os tucanos comandam a Funesp (Fundação Municipal de Esportes) e Semed (Secretaria Municipal de Educação). Até agora, Nelsinho não se manifestou publicamente.

A atitude de Azambuja é uma resposta a medida imposta por Nelsinho na sexta-feira passada, quando determinou que seus secretários se demitissem.

A ação de Nelsinho, segundo ele, tem a ver com o empenho de seu secretariado. O prefeito disse que alguns membros de seu primeiro escalão estariam criticando a sua gestão. Os rebeldes seriam membros de legendas aliadas de Nelsinho, interessadas na eleição do ano que vem.

Azambuja, que já age como pré-candidato a prefeitura de Campo Grande, disse que em “conversa franca” com o prefeito, garantiu que os tucanos Carlos Assis (Funesp) e Maria da Mota (Semed) atuam nas secretarias atendendo os desejos administrativos do prefeito, não político.

Já quanto a desconfiança de Nelsinho, a de que membros de siglas aliadas estariam mais interessados na eleição municipal do que cuidar das secretarias, o deputado respondeu: “o pacto pela eleição de Nelsinho ocorreu em 2008, agora a história é outra”.

Jornal Midiamax