Geral

Autoridades líbias: Khadaffi foi morto em Sirte

O ex-ditador líbio fugitivo Muammar Khadafi foi morto em combate nos arredores de sua terra natal nesta quinta-feira (20), diz um alto oficial do Governo de Transição Líbio, citando informes de combatentes que alegam ter visto o corpo. Mahmoud Shammam, Ministro da Informação, espera que o Primeiro Ministro confirme a morte em breve, observando que […]

Arquivo Publicado em 20/10/2011, às 14h59

None
996524620.jpg

O ex-ditador líbio fugitivo Muammar Khadafi foi morto em combate nos arredores de sua terra natal nesta quinta-feira (20), diz um alto oficial do Governo de Transição Líbio, citando informes de combatentes que alegam ter visto o corpo.


Mahmoud Shammam, Ministro da Informação, espera que o Primeiro Ministro confirme a morte em breve, observando que relatos anteriores já surgiram “antes de ser feita uma confirmação 100 por cento”.


O Governo de transição convocou uma coletiva de imprensa em Trípolli onde o Primeiro Ministro Mustafa Abdul-Jalil deve confirmar a morte.


“Nosso pessoal em Sirte viu o corpo… Mustafa Abdul-Jalil confirmara isso em breve”, diz Shamman a agência Associated Press.


Relatos anteriores da morte ou captura do ditador não foram comprovados, mas um número crescente de autoridades líbias confirmam as notícias.


A rede de TV Al-Jazeera apresentou imagens de um homem morto que se assemelha a Khadafi, com diversos ferimentos e sangramentos na cabeça.


A OTAN (Organização do Tratado Atlântico Norte) afirma atingiu um comboio das tropas leais a Khadafi em fuga de Sirte na manhã desta quinta-feira, mas não pode confirmar onde no destacamento estava o líder deposto ou a possível morte ou captura.


A Casa Branca e o Departamento de Estado Norte Americano não confirmam a morte de Khadafi.
Em Trípoli , a repórter Kitty Logan da CBS diz que os Líbios estão soando suas cornetas e disparando tiros para o ar em celebração da possível morte.


Hillery Clinton, falando direto do Afeganistão, disse ao correspondente CBS que a captura de Khadafi seria um desenvolvimento significante na Líbia se for provada verdadeira, mas também afirma que não espera que sua morte colocará fim aos conflitos.


(Com informações de UOL Notícias e CBS)

Jornal Midiamax