Geral

Audiência sobre Lei do Silêncio atrai poucos interessados

A audiência sobre a aprovação da emenda que modificou nesta semana a Lei do Silêncio, em Campo Grande, marcada para as 9h da manhã desta quinta-feira, no plenário da Câmara Municipal, ainda não começou. Razão: poucas pessoas no local e a maioria dos vereadores ainda não apareceram por lá. Com a participação de poucas pessoas, […]

Arquivo Publicado em 10/02/2011, às 13h08

None

A audiência sobre a aprovação da emenda que modificou nesta semana a Lei do Silêncio, em Campo Grande, marcada para as 9h da manhã desta quinta-feira, no plenário da Câmara Municipal, ainda não começou. Razão: poucas pessoas no local e a maioria dos vereadores ainda não apareceram por lá.

Com a participação de poucas pessoas, o local da audiência foi mudado para o conhecido plenarinho da Câmara. Com a aprovação da emenda caiu a decisão judicial que proibia a realização de shows no Parque de Exposição Laucídio Coelho. O projeto modificado só entra em vigor a partir da sanção do prefeito da cidade, Nelsinho Trad, do PMDB. Ele anunciou ontem que ainda havia definido se ia ou não homologar a emenda.

Na audiência de hoje os moradores da região do bairro Jockey Clube, situado aos arredores do Parque devem protestar contra a proposta.

Enquanto não começa a audiência, representantes dos agentes de saúde em greve há mais de um mês conversaram com alguns parlamentares. A prefeitura cortou o salário dos grevistas e ainda fez ameaças de demissões.

Jornal Midiamax