Geral

Atriz americana chama papa Bento XVI de nazista

A atriz americana Susan Sarandon chamou o papa Bento XVI de ‘nazista’ em várias ocasiões durante uma entrevista no Hamptons Film Festival, publicou nesta segunda-feira o site TMZ. A estrela de ‘Thelma & Louise’ (1991) se referiu assim ao pontífice quando estava comentando que enviou ao papa uma cópia do livro ‘Os Últimos Passos de […]

Arquivo Publicado em 18/10/2011, às 01h47

None

A atriz americana Susan Sarandon chamou o papa Bento XVI de ‘nazista’ em várias ocasiões durante uma entrevista no Hamptons Film Festival, publicou nesta segunda-feira o site TMZ.


A estrela de ‘Thelma & Louise’ (1991) se referiu assim ao pontífice quando estava comentando que enviou ao papa uma cópia do livro ‘Os Últimos Passos de Um Homem’, que fala sobre a pena de morte e que deu origem ao filme homônimo que ela protagonizou em 1995 ao lado de Sean Penn.


O entrevistador perguntou a qual papa ela tinha enviado o livro, ao que a atriz respondeu que ao ‘último’ (João Paulo II) e ‘não a este nazista que temos agora’.


Questionada sobre o uso desse termo para se referir a Bento XVI, a atriz insistiu em chamá-lo de ‘nazista’.


O papa Joseph Ratzinger fez parte das juventudes hitleristas em sua adolescência, da mesma forma que o resto das crianças de sua época na Alemanha, já que era algo obrigatório, mas nunca teve uma participação ativa no grupo, segundo afirmou o site.


O grupo pela tolerância Anti-Defamation League solicitou hoje que Susan Sarandon pedisse desculpas à comunidade católica e ‘a todos aqueles que tenham se sentido ofendidos’ por suas afirmações.


‘A senhora Sarandon pode ter suas diferenças com a Igreja Católica, mas isso não é desculpa para fazer analogias nazistas. Essas palavras são odiosas, vingativas e só servem para diminuir a verdadeira história e sentido do Holocausto’, disse o diretor do grupo, Abraham H. Foxman.

Jornal Midiamax