Geral

Atlético-PR confirma contratação de técnico uruguaio e reformula departamento de futebol

Após o rebaixamento para a Série B e a eleição de Mario Celso Petraglia como novo presidente, o Atlético-PR iniciou a reformulação do seu departamento de futebol. O primeiro passo foi a contratação do técnico uruguaio Juan Ramon Carrasco, que defendeu a seleção do seu país quando era jogador, e que estava trabalhando no Emelec, […]

Arquivo Publicado em 26/12/2011, às 23h20

None

Após o rebaixamento para a Série B e a eleição de Mario Celso Petraglia como novo presidente, o Atlético-PR iniciou a reformulação do seu departamento de futebol. O primeiro passo foi a contratação do técnico uruguaio Juan Ramon Carrasco, que defendeu a seleção do seu país quando era jogador, e que estava trabalhando no Emelec, do Equador.


Pouco conhecido no Brasil, o novo técnico fez sua carreira praticamente no seu país. Após começar a trabalhar como treinador, em 2000, Carrasco esteve à frente de clubes como Rocha, Fénix, River Plate de Montevidéu e Nacional. Entre 2003 e 2004, comandou a seleção uruguaia durante as eliminatórias, que acabou ficando fora da Copa do Mundo de 2006.


A nova comissão técnica também será toda uruguaia. A partir da próxima temporada o auxiliar técnico será Omar Garate, o preparador físico escolhido é Alezandro Martinez e o treinador de goleiros será Cesar Anibal Olivera. Por meio de um comunicado, o clube justificou a escolha de profissionais de outro país para a próxima temporada.


“O mercado brasileiro se tornou restrito, com poucas alternativas, principalmente em relação a profissionais novos e capazes, que estejam de acordo e alinhados com o futebol moderno e dentro da equação custo/benefício. A culpa direta por esta realidade do nosso mercado é dos dirigentes dos clubes e indireta dos procuradores, agentes e outros mecanismos que estão explorando o negócio futebol e levando os clubes ao empobrecimento”, diz o clube.


Além do novo treinador, o Atlético-PR também anunciou que Dagoberto Fernando dos Santos será o novo diretor geral do clube. O executivo teve passagens pelo time do Santos, na época da geração Diego e Robinho, e seu último trabalho foi no Clube dos 13.


Já para o cargo de diretor de futebol profissional e sub-23 o escolhido foi Sandro Orlandelli. O novo dirigente tem experiência como olheiro para clubes como Arsenal, da Inglaterra, além de São Paulo, Corinthians, entre outros.


Jornal Midiamax