O Atlético-GO confirmou a reação sob o comando do técnico Hélio dos Anjos. Jogando na Arena Jacaré, a equipe goiana virou e venceu o América-MG por 2 a 1, neste sábado, pela 19ª rodada do Brasileiro, a última do primeiro turno. Ambos os gols foram marcados por Juninho.

A vitória consolida a reação da equipe goiana sob o comando do técnico Hélio dos Anjos. Desde que assumiu, o treinador viu seus comandados vencerem Flamengo, Grêmio e, agora, o América-MG. Com a vitória sobre o Santos, o Atlético-GO chega a quatro vitórias consecutivas. O América-MG vinha de dois empates contra Atlético-PR e São Paulo.

Com a derrota, o América-MG permanece na última colocação do Campeonato Brasileiro, com apenas 13 pontos ganhos. Já o Atlético-GO conquista 25 pontos e sobe para a 11ª posição na tabela de classificação.

Na próxima rodada, o Atlético-GO recebe o Coritiba, no Serra Dourada, na próxima quarta-feira, às 20h30. O América-MG vai a Salvador, onde enfrenta o Bahia, no Estádio de Pituaçu, às 20h30, na próxima quinta-feira.

O jogo

A partida começou com um ritmo lento. O técnico Givanildo Oliveira optou por escalar o América-MG com três zagueiros e reforçar a marcação no meio campo. O primeiro lance de perigo veio aos 9min, com chute de fora da área de Thiago Carleto, que Márcio espalmou. Kempes não soube aproveitar o rebote.

Aos 20min, Juninho recebeu dentro da área, mas chutou fraco e Neneca defendeu com tranquilidade. O América-MG respondeu aos 27min. Marcos Rocha cruzou com o pé esquerdo e Willian Rocha cabeceou para abrir o placar na Arena Jacaré.

Apesar das broncas e orientações do técnico Hélio dos Anjos, o Atlético-GO não conseguiu reagir no primeiro tempo. Aos 33min, Carleto bateu cruzado da esquerda e a bola passou perto do travessão de Márcio. O mesmo Carletto ainda chutou firme no final do primeiro tempo.

O Atlético-GO voltou do intervalo com uma postura mais ofensiva e decidido a empatar. No início da etapa complementar, o goleiro Márcio cobrou falta, mas a bola ficou na barreira. Aos 14min, Bida deu trabalho para Neneca e conseguiu um escanteio em chute espalmado.

Aos 24min, porém, o time goiano conseguiu o empate. Thiago Feltri cruzou da esquerda e Juninho cabeceou no ângulo esquerdo do goleiro Neneca.

Em seguida, aos 31min, após contra-ataque rápido, o mesmo Juninho recebeu sozinho dentro da área e bateu na saída de Neneca para virar o jogo.

Aos 40min, Rafael Cruz lançou Juninho na direita. Ele avançou e cruzou rasteiro. Anselmo aproveitou e chutou forte para defesa de Neneca.