Após a morte de Marcos da Silva Macedo, de 31 anos, ocorrida no último dia 20 de novembro, o Ministério Público Estadual (MPE) instaurou inquérito civil para apurar uma eventual situação de risco dos frequentadores do Balneário Sete Quedas, em Rio Verde.
Segundo o site Edição de Notícias, o inquérito civil foi publicado no Diário Oficial do MPE desta segunda-feira (28). A vítima nadava na parte profunda do rio e acabou se afogando. Conforme a Polícia Civil, Macedo tinha consumido bebida alcoólica e participava de uma excursão.
A vítima era de Campo Grande. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Coxim, onde foi confirmada a causa morte por afogamento e depois encaminhado para a Capital, onde foi velado e enterrado.